Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

O Rock in Rio anunciou nesta terça-feira, 12, que a banda de metal Megadeth, que se apresentaria no dia 2 de setembro, teve seu show no festival cancelado. O grupo, que tem o brasileiro Kiko Loureiro como guitarrista, divulgou em sua conta no Instagram uma agenda com um show no mesmo dia na cidade de Houston, no estado americano do Texas.

De acordo com a produção do Rock in Rio, o festival “já está trabalhando para a divulgação do nome que substituirá a atração, que por motivos alheios à vontade do festival não poderá vir ao Brasil”. Megadeth estava confirmada para o primeiro dia do evento no Palco Mundo, que também conta com shows de Iron Maiden, Dream Theater e Sepultura + Orquestra Sinfônica Brasileira.

Essa é a segunda vez que a banda cancela uma participação no Rock in Rio. Em 2019, o grupo saiu do line-up do festival depois que o vocalista da banda, Dave Mustaine, precisou tratar um câncer na garganta. Na ocasião, o grupo foi substituído pela banda alemã Helloween.

Outros cancelamentos

Recentemente, o festival anunciou o cancelamento do show da cantora britânica Joss Stone e sua substituição por Jessie J. A cantora alega que a apresentação foi cancelada por engano por seu empresário. “Meu empresário erroneamente levou o produtor do evento a acreditar que eu não poderia tocar no festival. Então, é claro que ele teve que me substituir para que todos vocês pudessem se divertir e ouvir uma boa música”, afirmou Stones em comunicado divulgado em seu Facebook.

A saída do Megadeth do line-up do festival levou pessoas nas redes sociais a lembrarem o cancelamento do show de Lady Gaga no Rock in Rio de 2017. Um dia antes de sua apresentação, a cantora americana anunciou que não conseguiria estar no Brasil por conta de fortes dores. O anúncio aos fãs foi feito nas redes sociais de Lady Gaga. A data é lembrada como “davastated day” nas redes.