Meio Ambiente

Shell abre mão de zona de exploração no Ártico para reserva marinha


A multinacional Shell doou seus direitos de prospecção petroleira em uma região do Ártico canadense para uma organização de proteção do meio ambiente para a criação de um parque natural de 8.625 km2.

O grupo petroleiro anglo-holandês, que já tinha anunciado sua saída do Alasca e Noruega, anunciou a doação de seus direitos à ONG Conservação da Natureza Canadá (CNC) sobre uma região localizada ao norte da ilha de Baffin.

A organização ambiental serviu como intermediária entre a gigante dos combustíveis e o governo canadense.

A CNC informou que entregará ao governo canadense esta doação “para contribuir para o estabelecimento de uma área marinha de conservação ao longo da costa de Nunavut”, um amplo território autônomo, habitado pelos inuit.

O projeto de parque natural terá uma extensão total de 44.500 km2, o que equivale a mais de duas vezes o território de um país como El Salvador, habitado por muitas espécies como focas, belugas, narvais (ou baleias-unicórnio), morsas e ursos polares.


+ Casal posta fotos nus em pontos turísticos e ganha fama na web
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ ‘Raça de víboras’: Andressa Urach critica seguidores que não acreditam em sua fé
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



sab/mbr/are/hov/yow/mvv

Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS