Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

O clube ucraniano Shakhtar Donetsk iniciou neste sábado uma turnê sob o nome “Futebol pela Paz”, com o objetivo de sensibilizar a população contra a guerra.

A primeira partida foi disputada no estádio Karaiskakis do Olympiakos, que venceu o Shakhtar por 1 a 0.

Havia cerca de 5.000 espectadores, incluindo o ministro das Relações Exteriores da Grécia, Nikos Dendias, e algumas centenas de torcedores ucranianos.

Os jogadores do time ucraniano vestiram uma camisa com os nomes de dez cidades da Ucrânia que resistiram à invasão russa lançada no final de fevereiro.

Olympiakos usava camisas com o slogan “Stop War” (Parem a Guerra).

“Estamos orgulhosos de receber este evento para aumentar a conscientização da população sobre a guerra. Usamos o futebol como uma ferramenta para a paz”, disse Christian Karembeu, ex-jogador da seleção francesa e atual diretor esportivo do Olympiakos.

A renda da venda de ingressos, cada um custando 10 euros (US$ 10,87), será destinada aos refugiados da guerra na Ucrânia, explicou o Olympiakos.

Durante a partida, centenas de assentos no estádio foram ocupados por brinquedos, que serão destinados às crianças ucranianas.

O evento foi, no entanto, boicotado por um dos grupos de torcedores do Olympiakos, “Gate 7”, que disse em comunicado que seu clube não deveria “tomar partido nem de um lado nem do outro”.

O Shakhtar enfrentará o Lechia Gdansk na Polônia (14 de abril), o Fenerbahçe em Istambul (19 de abril) e o Hajduk Split na Croácia (1º de maio) em sua turnê.

le/hha/dr/aam