Saúde da mulher

Sexo pós-parto: tudo o que você precisa saber

Crédito: Freepik

Durante a gravidez é comum que a frequência sexual diminua. Entretanto, após dar à luz o ritmo também tende a ser menor. Afinal, além das mudanças físicas e hormonais, tem a preocupação típica da maternidade. Embora no primeiro momento esse não seja o foco de uma mãe, a primeira relação sexual pós-parto acontecerá em algum momento — e pode ser cerca de dúvidas e inseguranças.

+ Não consegue ter um orgasmo? Sua mente pode estar te sabotando


+ Masturbação: mitos e verdades para melhorar o seu prazer

Confira a seguir as principais dicas que você precisa saber para “‘voltar com tudo” à sua rotina sexual. As informações são da “Helth”.

Quanto tempo esperar para voltar à rotina sexual?

O corpo da mãe passa por várias transformações durante a gestação. Contudo, após o parto o organismo se “recompõe” para voltar ao seu “estado normal”, ou seja, passa por novas mudanças. O sangramento pós-parto é uma delas.

Além disso, a via de parto também é uma questão a ser considerada, pois mesmo em parto normal pode ocorrer cortes e pontos, que requerem os devidos cuidados para recuperação. 

A ginecologista e obstetra Sherry Ross destaca que o resguardo sexual além de ajudar na recuperação do corpo, evita riscos à saúde, como uma infecção em uma incisão ou laceração, condições que podem ter maior risco durante as duas primeiras semanas pós-parto.

“Geralmente, na consulta pós-parto de seis semanas com seu médico, você será examinada, começará o controle de natalidade e receberá luz verde para fazer sexo novamente, independentemente do tipo de parto que você teve”, explica Ross.

Contudo, o melhor é conversar com seu médico, para que o especialista recomende o tempo necessário de resguardo, conforme suas individualidades. Bem como é preciso respeitar seu tempo e seu corpo, para que também se sinta preparada para voltar à rotina sexual.

Dicas para o sexo pós-parto

Sim, voltar a ter relações sexuais após tantas mudanças consequentes da maternidade pode ser um pouco dolorido e desconfortável. Mas, calma, esse não é o fim! 

Para melhorar essa experiência, a Mayo Clinic, nos Estados Unidos, recomenda as seguintes medidas:

+ Como chegar ao orgasmo estimulando os mamilos

• Previna a dor, com práticas como esvaziar a bexiga ou tomar um banho quente. Se sentir queimação após o sexo, aplique gelo enrolado em uma pequena toalha na área;

• Use lubrificante íntimo a base d’água, para ajudar com a secura vaginal;

• Tente outras práticas além do sexo vaginal. A recomendação é caprichar nas preliminares para favorecer a excitação, apostar em massagens, sexo oral ou masturbação mútua;

• Não tenha pressa e tente aproveitar esse momento íntimo quando não estiver muito cansada. Pode parecer quase impossível para uma mãe de recém-nascido, por isso, também, é importante ter uma rede de apoio;

• Consulte seu médico e relate qualquer sintoma diferente que sentir durante ou após o sexo pós-parto.