Geral

Servidores socioeducativos do Degase suspendem greve no Rio

Os servidores do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) anunciaram nesta sexta-feira (8) a suspensão da greve, que começou na terça-feira (5). Com isso, as atividades de cuidado com menores infratores nas unidades do estado voltam à normalidade.

O Tribunal de Justiça havia notificado o presidente do sindicato, João Luiz Pereira Rodrigues, para que cumprisse a determinação judicial estabelecendo o retorno da categoria ao trabalho, sob pena de ser preso, assim como os demais diretores sindicais. A greve atingiu 25 unidades do Degase.

Em nota, o sindicato anunciou que vai recorrer da decisão, com o objetivo de impugnar os “argumentos inverídicos” apresentados pelo governo do estado. No texto, o sindicato diz que o movimento grevista é legítimo e cumpriu todos os requisitos legais previstos na Lei 7.783/89.

“Com isso, em assembleia extraordinária realizada na tarde desta sexta-feira, foi determinada a suspensão temporária da greve, e agendado um ato às 14h da próxima terça-feira (12), após a audiência de conciliação na sede do Tribunal de Justiça”, conclui a nota.

Vinculado à Secretaria de Estado de Educação, o Degase é o órgão responsável pela execução das medidas socioeducativas preconizadas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente e aplicadas pelo Poder Judiciário aos jovens em conflito com a lei.

Veja também

+ Toyota Corolla Cross é SUV do Corolla para brigar com Jeep Compass e cia; confira imagens oficias
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ Maria Zilda relembra como soube que Ary Fontoura era gay: “A coisa mais incrível que já ouvi”
+ Rafa Kalimann ensina receita de palha italiana; veja o vídeo
+ Juliana Caetano, do Bonde do Forró, fala sobre proposta de 500 mil reais que recebeu
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ Coronel da PM diz que Bolsonaro é ‘falastrão’ e renuncia à entidade de Oficiais
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior