Por Walmor Parente, subeditor da Coluna

Preocupados com a iminente votação da reforma administrativa, servidores têm ocupado entradas, corredores e plenários de comissões da Câmara.

Um dos porta-vozes da categoria, o presidente do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas do Estado, Rudinei Marques, diz que o debate não pode ser “panfletário”. E nega que o funcionalismo seja caro, inchado e ineficiente.


Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias