Geral

Servidora que entrou na UFPE pelo sistema de cotas raciais tem nomeação anulada

Servidora que entrou na UFPE pelo sistema de cotas raciais tem nomeação anulada

A servidora Nívia Tamires, de 34 anos, que ingressou pelo sistema de cotas raciais na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) teve seu sonho interrompido com a anulação de sua nomeação, que saiu no dia 7 de outubro, no Diário Oficial da União (DOU).

De acordo com o G1, o documento estava preenchido com a nomeação de uma candidata de ampla concorrência, que entrou na Justiça para ocupar a vaga. Então, a exoneração dela foi determinada pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5).

O tribunal entendeu que a cota para negros e pardos tinha sido aplicada de maneira errada pela universidade. Para o TRF-5, a instituição de ensino não verificou os critérios de regionalidade, ou seja, de reserva de vagas para aquele local.


Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais