Geral

Servidor é condenado após receber aposentadoria em nome da mãe falecida

Crédito: Divulgação

Um servidor público de Caraguatatuba, no litoral de São Paulo, foi condenado pela Justiça por receber irregularmente a aposentadoria da mãe, morta em janeiro de 2017. No período, o homem recebeu R$ 51.817,36.

O funcionário foi condenado por improbidade administrativa e deve ressarcir integralmente o dano causado ao Instituto de Previdência de Caraguatatuba (Caraguapev). Ele ainda foi condenado a pagar multa civil, teve os direitos políticos suspensos e foi proibido de contratar com o poder público por cinco anos.

Segundo o promotor Renato Queiroz de Lima, o homem deixou de informar o Caraguaprev quanto ao óbito da mãe e continuou recebendo a aposentadoria dela. A situação foi descoberta quando funcionários do órgão souberam da morte da beneficiária, anos depois, e entraram em contato com parentes.

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago