Geral

Servidor é condenado após receber aposentadoria em nome da mãe falecida

Crédito: Divulgação

Um servidor público de Caraguatatuba, no litoral de São Paulo, foi condenado pela Justiça por receber irregularmente a aposentadoria da mãe, morta em janeiro de 2017. No período, o homem recebeu R$ 51.817,36.

O funcionário foi condenado por improbidade administrativa e deve ressarcir integralmente o dano causado ao Instituto de Previdência de Caraguatatuba (Caraguapev). Ele ainda foi condenado a pagar multa civil, teve os direitos políticos suspensos e foi proibido de contratar com o poder público por cinco anos.

Segundo o promotor Renato Queiroz de Lima, o homem deixou de informar o Caraguaprev quanto ao óbito da mãe e continuou recebendo a aposentadoria dela. A situação foi descoberta quando funcionários do órgão souberam da morte da beneficiária, anos depois, e entraram em contato com parentes.

Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS