Tecnologia & Meio ambiente

Serviços de resgate procuram sobreviventes de terremoto em Taiwan

Serviços de resgate procuram sobreviventes de terremoto em Taiwan

O hotel Marshal em Hualien, na costa leste de Taiwan, desabou após um sismo de magnitude 6,4, em 6 de fevereiro de 2018 - AFP

Os serviços de resgate procuravam nesta quinta-feira sobreviventes do terremoto que deixou 10 mortos e dezenas de desaparecidos na véspera na cidade portuária de Hualien, leste de Taiwan.

O terremoto de 6,4 graus de magnitude abalou os andares inferiores do edifício Yun Tsui, um imóvel residencial de 12 andares que também abriga um restaurante, lojas e um hotel. O prédio ficou inclinado e ameaça desabar a qualquer momento.

As equipes de resgate concentram os esforços no imóvel, apesar dos perigos provocado pelos tremores secundários – um deles atingiu 5,7 graus durante a madrugada.

Os tremores prejudicam a busca de sobreviventes, já que os bombeiros foram obrigados a abandonar o edifício diversas vezes pelo temor de desabamento.

O comandante do corpo de bombeiros de Hualien, Chu Che-min, informou que outros dois corpos foram encontrados nesta quinta-feira.

O balanço oficial registra 10 mortos, incluindo três cidadãos da China continental que aparentemente moravam no Beauty Stay Hotel, que ocupava o segundo andar do edifício.

Ao menos 62 pessoas permanecem desaparecidas, 47 delas no edifício Yun Tsui: 37 residentes e 10 clientes do hotel.

O terremoto de quarta-feira, o mais violento na cidade em décadas, também deixou mais de 250 feridos.