POLÍTICA

Serra enfrenta protesto na chancelaria argentina, em Buenos Aires


SerraprotestoArgentina_AFP_1280x720

O chanceler brasileiro, José Serra, encontrou-se nesta segunda-feira, 23, com a ministra das Relações Exteriores argentina, Susana Malcorra, em Buenos Aires, em sua primeira viagem no comando do Itamaraty. Em razão de um protesto que uniu brasileiros contrários ao impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff e opositores do argentino Mauricio Macri, Serra entrou ao meio-dia no Palácio San Martín, sede da diplomacia argentina, por uma porta secundária. Ambos governos começam uma reaproximação considerada prioritária pelo brasileiro.

A Argentina foi mencionada por ele entre suas dez diretrizes para política externa. Crítico do Mercosul, Serra busca uma flexibilização do bloco para facilitar acordos bilaterais.

Os cerca de 150 manifestantes receberam o ministro com gritos de golpista e “fora Serra”. Houve tensão com agentes da polícia federal quando Serra, já dentro da chancelaria, foi visto pelos ativistas através das grades do portão principal. Os policiais usaram os escudos para afastar o grupo enquanto o ministro e a anfitriã ouviam os gritos de protestos, repetidos ao som de tambores de manifestantes kirchneristas.

Saiba mais
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio