Brasil

Sérgio Cabral começa a negociar delação premiada, diz jornal

Sérgio Cabral começa a negociar delação premiada, diz jornal

(2013) O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral - AFP/Arquivos

Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro, quer fazer uma delação premiada, de acordo com Lauro Jardim, do jornal O Globo. Cabral, que foi condenado a 197 anos de prisão até o momento, sempre negou ter recebido propinas.

Acusado de ser o líder máximo de uma organização criminosa no Rio de Janeiro, Cabral deu uma procuração para o seu advogado, João Bernardo Kappen, negociar uma possível colaboração com o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro (MP-RJ) e Procuradoria Geral da República (PGR).

De acordo com a publicação, o advogador do ex-governador já começou a conversar com autoridades ligadas à Lava-Jato. Escândalos envolvendo a Copa do Mundo de 2014 e da compra de votos para a Olimpíada de 2016 podem ser revelados pelo político.