O Dia

Sequestros com ônibus 174 e em farmácia da Tijuca marcaram a cidade

Episódios aconteceram em 2000 e em 2009

Rio – Há quase 20 anos, um sequestro transmitido ao vivo pela TV marcaria para sempre a história da cidade e a maneira de fazer jornalismo ao vivo. No dia 12 de junho de 2000, Sandro Barbosa do Nascimento, de 19 anos, fez 10 reféns em um ônibus da linha 174, no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio.
Após mais de quatro horas de negociação, um policial do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) fez disparos na hora em que o sequestrador deixava o ônibus com uma arma apontada para a cabeça de uma das reféns, Geiza Gonçalves. Ambos foram atingidos e morreram.
SEQUESTRO NA TIJUCA
Em 2009, mais uma ocorrência deixou a cidade apreensiva. Um criminoso de 24 anos, identificado como Sérgio Ferreira Pinto Júnior, fez a comerciante Ana Cristina Garrrido refém em uma farmácia na Tijuca, na Zona Norte, de 10h às 10h40, e ameaçava explodir uma granada. Atingido na cabeça com um tiro de fuzil, ele morreu a caminho do Hospital do Andaraí. A vítima foi liberada sem ferimentos.
Logo depois da ação, os policiais foram aplaudidos pelas pessoas que acompanhavam o desfecho. A ação também foi transmitida pela televisão.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Veja também

+Cidadania divulga calendário de pagamentos da extensão do auxílio emergencial

+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea