O Dia

Separação com estilo

Especialista dá dicas de como instalar e ornamentar o material dentro de casa

Nos lares com ambientes integrados, demarcar os espaços com objetos de decoração se tornou uma tendência. Porém, existem outras maneiras criativas que podem cumprir esse papel, como as divisórias de madeira. Elas conseguem delimitar e dar privacidade aos espaços com muita elegância, além de combinar com qualquer tipo de decoração. 

Ao escolher usar as divisórias, os moradores podem brincar com os desenhos, formatos, materiais e até cores. O que vai depender é de onde a peça será colocada. É possível comprar pronta ou fazer uma divisória com ripas e placas inteiriças de madeira.

Existem três modelos de divisórias de madeira: vazadas, inteiras e as do tipo biombo. O primeiro, geralmente, é feito de ripas que podem ser colocados na horizontal, diagonal ou vertical. Com a opção de aproximar ou afastar as colunas, ele é ideal para delimitar ambientes integrados sem escondê-los totalmente. Portanto, pode ser instalado entre as salas de jantar, de estar, cozinha.

As inteiriças funcionam como uma parede completamente fechada. Por isso, elas dão mais privacidade aos cômodos. Podem ser usadas para esconder o closet atrás da cabeceira ou em escritórios comerciais. Por serem maciças, permitem a fixação de nichos e prateleiras.

Já as do tipo biombos são mais simples e menores. Portáteis, elas são facilmente transportadas para todos os locais do imóvel. Os materiais e as cores podem variar de acordo com o estilo de decoração, garantindo aquele toque especial. “Experimente colocá-los nos quartos, reservando um local discreto para trocar de roupa”, aconselha o designer de interiores Henrique Freneda.