Economia

Senado rejeita emenda do PT sobre aposentadoria por invalidez


O Senado derrubou, por 41 votos a 29, uma emenda do PT na PEC paralela que garantia benefício integral, com 100% da média das contribuições, para todos os casos de aposentadoria por incapacidade. De acordo com cálculos da equipe econômica, a alteração diminuiria o impacto fiscal proposta em R$ 78 bilhões no período de dez anos.

O plenário ainda precisa votar três tentativas de alteração no texto. Os senadores discutem agora uma emenda do PROS excluindo a exigência de idade mínima, tempo de contribuição e de atividade previstos na reforma da Previdência no caso de trabalhadores expostos a agentes nocivos à saúde.

Na sequência, há destaques da Rede e do PSDB. A emenda da Rede flexibiliza as regras de transição para concessão de aposentadoria no regime geral e no sistema próprio da União. O PSDB, por sua vez, propôs uma alteração que garante abono de permanência para o servidor que já cumpriu os requisitos para se aposentar e permanece em atividade.

Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Descoberta no deserto do Kalahari leva a revisão da origem humana
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS