Economia

Senado ratifica acordo de aviação civil entre Brasil e Equador


Último item na pauta do Senado nesta terça-feira, 25, o acordo sobre serviços aéreos entre o Brasil e o governo do Equador foi ratificado pelos parlamentares e segue para promulgação. O acordo havia sido assinado em 2013, durante governo da ex-presidente Dilma Rousseff.

A medida facilita a troca de informações e autoriza, previamente, que empresas aéreas apontadas por cada país possa sobrevoar os territórios um do outro, bem como fazer escalas para fins não comerciais, entre outras mudanças.

O texto também aponta que as questões da área serão tratadas entre a brasileira Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e os equatoriano Conselho Nacional de Aviação Civil e Direção Geral de Aviação Civil.

Veja também
+ Joice Hasselmann aparece com fraturas e diz acreditar ter sido vítima de ‘atentado’
+ Pintor é expulso de rodízio por comer 15 pratos de massa; assista
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago