Economia

Senado inicia discussão de emendas à PEC paralela em primeiro turno

O plenário do Senado iniciou a discussão de quatro tentativas de alteração no texto da PEC paralela. O texto base da proposta, permitindo a inclusão de Estados e municípios na reforma da Previdência, foi aprovado em primeiro turno no último dia 6.

Os senadores começaram a votar uma emenda do PT que garante benefício integral, com 100% da média das contribuições, para todos os casos de aposentadoria por incapacidade. De acordo com cálculos da equipe econômica, a alteração diminuiria o impacto fiscal da chamada PEC paralela em R$ 78 bilhões no período de dez anos.

A oposição precisa de 49 votos entre os 81 senadores para aprovar a alteração, cenário considerado improvável. Sem votos, os partidos de oposição anunciaram obstrução à votação. A tendência, no entanto, é que o Senado conclua a votação dos destaques ainda nesta terça-feira, 19.

Além do PT, o PROS apresentou uma emenda excluindo a exigência de idade mínima, tempo de contribuição e de atividade prevista na reforma da Previdência no caso de trabalhadores expostos a agentes nocivos à saúde. Já a Rede propôs um destaque para flexibilizar as regras de transição.

O PSDB, por sua vez, tenta uma alteração que garante abono de permanência para o servidor que já cumpriu os requisitos para se aposentar e permanece em atividade.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), tenta votar, ainda nesta terça, a PEC em segundo turno. Não há acordo, no entanto, para essa estratégia.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Boletim médico de apresentador da RedeTV! indica novo sangramento no cérebro
+ Yamaha se despede da SR 400 após 43 anos de produção
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra!
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel