Esportes

Sem o tão desejado ponta, veja como Rogério Ceni pode escalar o São Paulo

Treinador do Tricolor falou sobre as suas ideias em entrevista coletiva um dia antes da partida contra o Guarani, que abre a temporada do clube

Sem o tão desejado ponta, veja como Rogério Ceni pode escalar o São Paulo

O técnico Rogério Ceni terá o primeiro desafio no São Paulo na temporada diante do Guarani, nesta quinta-feira (27), às 21h30, no Brinco de Ouro da Princesa. Sem o tão desejado atleta de velocidade pela ponta, o treinador estuda como montar a equipe para o começo desse ano.



TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão-2022 clicando aqui

Em entrevista coletiva concedida na última quarta-feira (26), Ceni falou sobre algumas ideias para o São Paulo. A principal delas está na defesa. Ao contrário do esquema com três defensores, muito utilizado na última temporada, o treinador disse que vai escalar o time com uma linha de quatro defensores.

– Pretendo utilizar a linha de quatro do que três zagueiros. Talvez mude um pouco do 4-2-4, como jogávamos, e pretendo utilizar a forma física dos atletas para compensar contra times que têm mais opções, vamos tentar competir cada vez mais – disse Ceni.

A dúvida principal, no entanto, está no setor ofensivo. Sem muita velocidade nas pontas, Ceni ira compensar isso com a força física dos jogadores disponíveis. Sendo assim, Patrick e Nikão devem ter espaço no time titular diante do Guarani, já que são jogadores com presença ofensiva e bom vigor físico.

Para esta partida, a tendência é que Nikão e Rigoni façam as pontas no ataque, com Patrick vindo pela faixa central do campo, como um meia. Alisson também pode ser utilizado neste setor.

– Por isso jogadores como Alisson, Sara, Patrick, em forma, mas é outro time, numa outra formação. Principal mudança seja tendência maior em linha de quatro – finalizou Rogério.

Ceni já terá três desfalques certos contra o Guarani: o zagueiro Arboleda não joga já que foi convocado para a seleção do Equador, enquanto Luan e Luciano estão lesionados. Um provável time tem: Volpi, Rafinha, Miranda, Léo e Reinaldo; Gabriel, Gabriel Sara e Patrick (Alisson); Nikão, Rigoni e Calleri.