Esportes

Sem Jefferson por 3 meses, Botafogo pega Juazeirense por vaga na Copa do Brasil

O Botafogo começa nesta quinta-feira uma série de dificuldades que encontrará pelos próximos três meses. Sem o goleiro Jefferson, que sofreu uma ruptura parcial do tendão do tríceps e foi operado, o clube alvinegro aposta em Helton Leite para avançar à terceira fase da Copa do Brasil contra o Juazeirense-BA, às 21h30, no estádio Los Larios, em Duque de Caxias (RJ).

No jogo de ida, o clube alvinegro chegou a fazer o resultado para eliminar o segundo jogo, mas sofreu o gol e ficou apenas no 2 a 1, na Bahia. Para se classificar, pode até perder por 1 a 0. Caso o resultado do jogo anterior se repita, com vitória baiana, o duelo será definido nos pênaltis, já que o gol marcado fora de casa é critério de desempate. O adversário na próxima fase será o Bragantino, que eliminou o Avaí.

O grande temor do Botafogo para estes três meses é que o substituto de Jefferson não tem tido boas atuações. Nos dois últimos jogos, o goleiro falhou contra o Juazeirense, impedindo a classificação antecipada, e também contra o São Paulo, vacilo que culminou na derrota da equipe no retorno à Série A.

Além de ser uma referência técnica, Jefferson é também o capitão da equipe, situação que foi duplamente lamentada pelo treinador Ricardo Gomes. “Iniciar a competição sem nosso capitão, que é o grande nome do time. Isso não foi bem digerido por ninguém”, definiu o treinador, que elogiou o novo contratado Sidão, ex-Audax. Para o jogo desta quinta-feira, ele adiantou que vai poupar Leandro, Rodrigo Lindoso e Ribamar.

O Juazeirense tem uma mudança no banco de reservas. Após perder para o Botafogo, a diretoria demitiu o técnico Evandro Guimarães. Sem ainda ter contratado um novo nome, o treinador para a Copa do Brasil será o auxiliar Janilson Silva. Para o jogo, Tony Galego deve ganhar a vaga ocupada de Sassá.