Ediçao Da Semana

Nº 2743 - 19/08/22 Leia mais

Sem Cristiano Ronaldo e com vários reservas em campo, Portugal derrotou o Catar por 3 a 1, neste sábado, em um amistoso disputado em Debrecen na Hungria.

O jogo foi marcado pela estreia do recém-nacionalizado meia brasileiro Otavio (de 26 anos), que joga no Porto e fez o seu primeiro gol pela seleção portuguesa, aos 25 minutos.

Foi pouco depois de seu companheiro de equipe André Silva (23) abrir o placar para os portugueses, marcando seu décimo sétimo gol com a camisa da equipe lusa.

O goleiro do Catar, Meshaal Barsham, foi expulso aos 43 minutos.

Apesar da inferioridade numérica, o Catar, sede da Copa do Mundo de 2022, diminuiu aos 61 minutos por meio de Abdelkarim Hassan, mas Bruno Fernandes fechou o placar em 3 a 1 aos 84, de pênalti.

Aos 88, o Catar ainda teve outra expulsão, a do zagueiro Boualem Khoukhi, e encerrou o confronto com nove jogadores em campo.

Portugal, que derrotou a Irlanda por 2 a 1 na quarta-feira com dois gols de Cristiano Ronaldo, descansou neste sábado no Grupo A das Eliminatórias para a Copa do Mundo. A próxima partida será na terça-feira, em Baku, contra o Azerbaijão.

Lá os portugueses vão tentar vencer para quebrar a igualdade que mantêm na liderança do grupo A com a Sérvia, que também soma 10 pontos em quatro jogos.

Os sérvios venceram Luxemburgo por 4 a 1 neste sábado.

Cristiano Ronaldo, que estabeleceu um novo recorde de gols de um jogador por seleções contra os irlandeses (111), deixou a seleção de Portugal na quinta-feira após ter sido suspenso para o duelo no Azerbaijão. Sua federação o dispensou deste amistoso na Hungria.

tsc/dr/pm/aam

SOCIEDADE COMERCIAL FUTEBOL CLUBE DO PORTO