Esportes

Sem clube, Edílson nega ter se oferecido ao Avaí antes de sair do Cruzeiro


Após ter o contrato rescindido com o Cruzeiro, especulou-se uma possível ida do lateral Edílson para o Avaí. O jogador revelou o carinho pelo clube catarinense, mas aproveitou para mandar um recado aos torcedores do time, negando ter se oferecido para atuar na equipe na época em que defendia os mineiros.

O assunto veio à tona após o presidente do Avaí, Francisco Battistotti, revelar recentemente em uma entrevista que o atleta teria se oferecido para atuar no clube. Edílson achou a atitude antiética e se explicou.

“Queria fazer um esclarecimento sobre o Avaí. É o clube no qual passei minha categoria de base toda, tenho muito respeito porque foi o meu primeiro clube no profissional. E foi colocado por pessoas lá de dentro que eu tinha procurado o clube, que eu teria me oferecido ao clube. Como eu disse, tenho um respeito muito grande pela torcida. Marquinhos, que é meu irmão, tenho certeza que não saiu da parte dele isso. Mas quero dizer que é completamente antiético tendo contrato com Cruzeiro e me oferecendo a outro clube. Seria antiético pelo Cruzeiro e pelo Avaí. Dizer que não tem nada e que estou indo para Porto Alegre agora”, disse o lateral.

Edílson está com 33 anos e foi formado nas categorias de base do Avaí, passando depois por Ponte Preta, Corinthians, Botafogo e Grêmio.

Veja também
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio