Geral

Sem auxílio humano, robô realiza cirurgia intestinal complicada com êxito

Crédito: Divulgação/Johns Hopkins University

A Universidade John Hopkins anunciou que robôs realizaram nesta semana uma cirurgia de laparoscopia sem qualquer tipo de ajuda humana. O procedimento de anastomose intestinal foi realizado por robôs que tem o nome de STAR, uma sigla em inglês para Robô Autônomo de Tecido Inteligente.

O estudo apontou que a performance dos robôs na cirurgia foi melhor do que médicos especialistas. Além disso, a complexidade do procedimento tem um alto grau de dificuldade.

A justificativa para a assertividade dos robôs é um algoritmo instalado em seu sistema, o qual proporciona o aprendizado das máquinas STAR, conforme a situação que se apresenta. Nesse sentido, o robô analisa o problema do paciente e procura tomar a melhor iniciativa.

O que é laparoscopia?

Assim como o nome, o procedimento é complexo e exige habilidade do médico para realizar a cirurgia, pois casos inesperados podem surgir por conta dos tecidos moles. Porém, os pesquisadores utilizaram de alta tecnologia por meio de endoscópio tridimensional, capaz de mostrar ao robô uma visão de tudo que está em volta. Sendo assim, as máquinas STAR tem a possibilidade de realizar as mesmas ações de um humano.

Apesar do sucesso na ação divulgada pela universidade, os pesquisadores ainda pretendem programar as máquinas STAR para que no futuro a exatidão no procedimento supere a dos humanos, que não é alcançada sempre é obtida.