Esportes

Seleção masculina está definida para buscar vaga em Tóquio no basquete 3×3

O técnico da seleção brasileira de basquete 3×3, Douglas Lorite, anunciou nesta quarta-feira o quarteto que vai defender o Brasil no Pré-Olímpico da Índia, entre os dias 18 e 23 de março. Os convocados foram André Ferros e Matheus Parcial, ambos do São Paulo DC, Leandro Lima, do Lausane, da Suíça, e Jefferson Socas, que defende o Black Star Basquete, de Joinville, no 5×5.

A apresentação do grupo está marcada para 9 de março. Os jogadores vão treinar até o dia 15 na Escola de Educação Física do Exército, no Rio, e depois embarcam para o torneio. “Vamos fazer os ajustes finais. Lapidar um pouco a preparação física. Vamos ver os adversários, estratégia para jogar. Alinhar com os titulares. Esperamos fazer uma boa preparação, teremos sete dias de preparação. Vamos alinhar bem”, afirmou o técnico Douglas Lorite.

O Brasil está no Grupo A do Pré-Olímpico, ao lado de Mongólia, Polônia, Turquia e Espanha. Ao todo são 20 seleções no torneio. As outras chaves são formadas por: B (Estados Unidos, Lituânia, Bélgica, Coreia do Sul e Nova Zelândia), C (Eslovênia, França, Catar, Filipinas e República Dominicana), D (Holanda, Lituânia, Canadá, Croácia e Índia).

As equipes jogam entre si na primeira fase e os dois melhores se classificam para o mata-mata. Apenas os três primeiros garantem vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O basquete 3×3 terá ainda mais um Pré-Olímpico, mas o Brasil não vai disputá-lo porque só podem participar países que não estiveram na Olimpíada nas últimas duas edições.

“A expectativa é a melhor possível. Todo jogador quer participar de uma Olimpíada. A responsabilidade é enorme. Não somos favoritos, mas vamos para cima. Só vamos conseguir se jogarmos como equipe. Vamos trabalhar bem, rodar bem a bola. Confiar na defesa também. E dar nosso máximo independentemente de quem estará do outro lado da quadra”, afirmou Jefferson Socas.