A seleção masculina de vôlei não precisou entrar em quadra para se garantir na fase final da Liga das Nações. Apesar das derrotas para os Estados Unidos e para o Canadá, a equipe de Bernardinho conseguiu avançar graças ao triunfo da Polônia sobre a Sérvia por 3 sets a 2, neste sábado, em Manila, nas Filipinas.

O Brasil começou o dia na sétima posição da Liga das Nações e poderia ser ultrapassado por Cuba e Sérvia. No entanto, com a vitória da Polônia, os sérvios podem, agora, no máximo, alcançar a oitava colocação, hoje ocupada pela Argentina. Com isso, a seleção brasileira acabou se garantindo na fase final.

A equipe de Bernardinho ainda pode melhorar a sua classificação no torneio, já que entrará em quadra neste domingo, às 4h, pelo horário de Brasília, para encarar a França, que ocupa o sexto lugar.

Na pior das hipóteses, o Brasil ficará na oitava posição, pois Cuba ainda pode ultrapassá-lo na tabela. Os cubanos enfrentam a Polônia, que ainda mira a primeira posição, que pertence à Eslovênia.

Mas, para isso acontecer, a seleção brasileira precisará perder por 3 sets a 0 ou 3 a 1, e Cuba terá que vencer também por 3 a 0 ou 3 a 1. Mesmo que vença por 3 a 2, o resultado não seria suficiente para ultrapassar os comandados de Bernardinho.

Em sétimo lugar, o Brasil estaria enfrentando a Polônia nas quartas de final. No entanto, as posições ainda poderão ser alteradas na última rodada.