Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

A seleção brasileira masculina de vôlei conquistou a segunda vitória na Liga das Nações, ao derrotar, nesta quinta-feira, a Eslovênia, por 3 sets a 1, com parciais de 25/21, 21/25, 25/20 e 25/16, em duelo disputado no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília.

O time do técnico Renan Dal Zotto teve mais dificuldades do que no primeiro triunfo diante da Austrália, pois o adversário tinha mais potencial. O time foi deslanchar no quarto set. O Brasil volta a atuar na competição, sábado, frente aos Estados Unidos, que também estão invictos.

Com um mau aproveitamento no saque, o Brasil permitiu que o início do jogo fosse equilibrado. Com isso, os eslovenos ganharam confiança e a disputa foi ponto a ponto. Aos poucos, o saque do Brasil passou a entrar e as bolas no ataque passaram a virar com Alan, Thales, Adriano e Rodriguinho. Vitória por 25/21.

No segundo set, o Brasil começou melhor e chegou a abrir 3/1, mas o forte bloqueio da Eslovênia reequilibrou a partida e o placar esteve em 8/8. A disputa foi intensa e nenhuma equipe conseguir abrir vantagem, mas os eslovenos, com Mozic e Gasparini, empataram a partida, ao fecharem o set: 25/21.

Alan, virando todas, comandou a seleção em seu ótimo começo de terceiro set, quando abriu 12/5. Com Lucão bem no bloqueio e no ataque de meio, além de um ace de Adriano, o Brasil alcançou 22/15 e logo fez 25/20.

Brasil se soltou no quarto set. Fez 5/2 e 8/5. Rodriguinho surgiu bem, pontuou e o Brasil chegou a 15/10. Daí para frente a seleção foi bem em todos os fundamentos e chegou com tranquilidade à vitória: 25/16.