Geral

Secretário demitido por invadir casamento de Lula agradece “momento inesquecível”

Crédito: Divulgação

Antônio de Pádua Freitas Moreira Junior foi exonerado do cargo na prefeitura de Itapevi (Crédito: Divulgação)

Após entrar de penetra no casamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com a socióloga Rosângela Silva, a Janja, no último dia 18, Antônio de Pádua Freitas Moreira Junior foi exonerado do cargo de secretário-adjunto da Fazenda e Patrimônio da cidade de Itapevi (SP).



+ PR: Vereadora quer proibir a venda de alimentos em forma de órgãos sexuais
+ Autoescola pode deixar de ser obrigatória para tirar a CNH
+ Peixes vive num mundo só dele; 30 provas de que piscianos são muito diferentes
+ Geisy Arruda surge de Chapeuzinho Vermelho sexy

Apesar da demissão, Junior disse em entrevista à CNN que ficou agradecido por ter tido a oportunidade de presenciar a cerimônia. “Só tenho a agradecer a oportunidade de ter presenciado esse momento inesquecível”, afirmou.

“Aproveito para me desculpar aos noivos por qualquer embaraço provocado, o que foi pontualmente resolvido naquela agradável noite”, ressaltou na entrevista. Após ser descoberto na festa, Junior foi retirado do local acompanhado por seguranças.

Na quinta-feira (19), ele foi exonerado do cargo na prefeitura de Itapevi, por determinação do prefeito Igor Soares (Podemos-SP). “A atitude do ex-servidor da prefeitura de Itapevi não condiz com a postura de um agente público de cargo de confiança”, afirmou o prefeito em nota.

Ainda na entrevista à CNN, o ex-servidor agradeceu o prefeito “pela oportunidade de ter exercido, pelos últimos seis anos, o honroso cargo de secretário-adjunto da Fazenda de Itapevi, tendo colaborado com as significativas mudanças estruturais e sociais que a cidade tem apresentado”.