Geral

Secom usa lema associado ao nazismo para divulgar ações, mas nega relação

Crédito: AFP/Arquivos

Entrada do antigo campo de extermínio nazista em Auschwitz, com seu conhecido lema alemão 'O trabalho liberta', em Oswiecim (Polônia) (Crédito: AFP/Arquivos)

A Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República foi alvo de mais uma polêmica. Nas redes sociais, internautas apontaram a semelhança entre uma mensagem publicada pela Secom com uma frase de um slogan nazista.

“Parte da imprensa insiste em virar as costas aos fatos, ao Brasil e aos brasileiros. Mas o governo, por determinação de seu chefe, seguirá trabalhando para salvar vidas e preservar o emprego e a dignidade dos brasileiros. O trabalho, a união e a verdade libertarão o Brasil”, escreveu a Secom no post.

“O trabalho, a união e a verdade libertarão o Brasil”, frase utilizada pela pasta, se assemelha ao lema do nazismo “Arbeit macht frei”, ou “O trabalho liberta”, em tradução livre. A frase era usada pela Alemanha na entrada de campos de concentração durante a Segunda Guerra Mundial.

Após a repercussão negativa do post a Secom e o chefe da pasta, Fabio Wajngarten, negaram que o texto faça referência ao nazismo e repudiaram a associação.

“Repudiamos veementemente qualquer associação desta postagem com quaisquer ideologias totalitárias e genocidas. O Estado Brasileiro sempre foi um grande parceiro da comunidade judaica, bem como do Estado de Israel, como provam os fatos, para além das ilações forçadas e maldosas”, diz a Secom em resposta ao post publicado anteriormente.

+ Exclusivo: como Prost fez Senna perder o contrato com a Ferrari

“É impressionante: toda medida do governo é deformada para se encaixar em narrativas. Na campanha, faziam suásticas fakes; agora, se utilizam de analfabetismo funcional para interpretar errado um texto e associar o governo ao nazismo, sendo que eu, chefe da Secom, sou judeu!”, escreveu Fabio Wajngarten no seu perfil oficial no Twitter.

Veja também

+ Marco Pigossi sobre reprise da novela Fina Estampa: “Tinha que ser proibida de ser reprisada”

+ Avó de Michelle Bolsonaro morre após 1 mês internada com covid-19

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?