O Dia

Seap apreende celulares e drogas em alojamento de servidores

Apreensão aconteceu no Complexo Gericinó, em Bangu

Rio – Uma operação da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), nesta quarta-feira, apreendeu nove aparelhos celulares; sete trouxinhas, supostamente, com maconha; cinco chips; cinco fones de ouvido; e quatro carregadores, que estavam escondidos em uma porta do alojamento dos servidores do Instituto Penal Benjamin de Moraes, no Complexo de Gericinó, em Bangu, Zona Oeste do Rio. 
De acordo com a pasta, o material foi encontrado após uma revista da direção da unidade, que contou com o apoio da Superintendência de Inteligência da Seap. Foi realizado o registro de ocorrência na 34ª DP (Bangu) e uma sindicância foi instaurada para apurar o caso.

Porta onde foram encontradas drogas e celulares em alojamento de servidores – Divulgação

A ação faz parte da Operação “Iscariotes”, que já  flagrou 13 inspetores penitenciários tentando entrar com objetos ilícitos nas cadeias. Os casos estão sendo apurados pela Corregedoria e podem ter pena máxima de demissão.