Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

A relação entre Scottie Pippen e Michael Jordan parece estar cada vez mais longe da famosa parceira dentro das quadras. O ex-camisa 33 do Chicago Bulls voltou a diminuir os feitos do hexampeão da NBA ao seu lado.

Desta vez, Pippen questionou a importância dada a atuação de Jordan em o “Jogo da Gripe”, no qual o camisa 23 dos Bulls anotou 38 pontos e cinco assistências, mesmo com a saúde debilitada por conta de uma gripe.

“Vou te perguntar agora. É mais fácil jogar com uma hérnia de disco ou uma gripe? Bom, eu não vejo ninguém falando sobre um ‘jogo da hérnia’, mas todos falam do ‘jogo da gripe'”, declarou Pippen à rádio ‘Sirius XM’.

No jogo mencionado, Pippen e Michael tiveram uma grande atuação contra o Utah Jazz liderado por Karl Malone. A vitória no jogo cinco das finais de 1997-98 por 90 e 88 colocou o time de Chicago em vantagem e praticamente selou o quinto título da franquia da NBA.

A declaração de Pippen é mais uma contra o ex-parceiro após o lançamento de “The Last Dance”, que conta boa parte da trajetória e a trajetória de Jordan pelos Bulls. Scottie criticou a forma como ele foi retratado no documentário e chegou a dizer em seu livro de memórias ‘Unguarded’ que foi distratado por Michael durante as gravações da produção.