Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Sergio ‘Kum’ Agüero segue afastado dos gramados realizando tratamento no coração após sofrer uma arritmia cardíaca em campo em jogo do Barcelona diante do Alavés, no fim de outubro, no Camp Nou. Serão três meses de cuidados para saber se terá condições de retorno. Nesta quinta-feira, véspera de jogo da Argentina com o Uruguai, o técnico Lionel Scaloni afirmou que conta com o atacante defendendo a seleção “o mais breve possível.”

Agüero faz tratamento cardíaco com o médico do Barcelona, Josep Brugada, e estará afastado dos gramados ao menos até fevereiro. Perderá, portanto, também a próxima rodada das Eliminatórias Sul-Americanas, marcada para o fim de janeiro e início de fevereiro. Recuperado, teria chances de ser convocado para jogos no fim de março. Ao menos a intenção de Scaloni é tê-lo na equipe nacional.

“Kun está triste, esperamos que ele se recupere o mais rápido possível e lhe enviamos nosso total apoio. Agradecemos e acreditamos em sua recuperação e queremos que você esteja conosco o mais rápido possível”, afirmou Scaloni, em mensagem direta ao jogador.

O experiente atacante fez parte de todas as convocações de 2019 até a conquista da Copa América deste ano. Na competição, começou em baixa e acabou perdendo a posição, não sendo aproveitado nas semifinais e na final com o Brasil. Depois, foi ausência nas Eliminatórias por série de lesões.

Mesmo com esse tempo fora, Scaloni permanece contando com a ajuda do jogador de 33 anos, que ao lado de Messi, Di María e Otamendi, forma o quarteto experiente da seleção argentina. Enquanto torce pela recuperação plena do atacante, o treinador trabalha para ter seu camisa 10, ausente dos jogos do PSG por causa de dores na coxa e no joelho, diante do Uruguai nesta sexta-feira. Messi trabalha normalmente com os companheiros.