Geral

Saúde diz que caso de BH ‘não se enquadra como suspeito’ de coronavírus

O Ministério da Saúde informou, por meio de nota, que “não há detecção de nenhum caso suspeito no Brasil” de infecção por coronavírus. A nota do ministério contradiz a Secretaria Estadual de Saúde do Estado de Minas Gerais, que classificou como “caso suspeito de coronavírus” o de uma mulher de 35 anos que está internada em Belo Horizonte.

“O caso noticiado pela SES/MG não se enquadra na definição de caso suspeito da Organização Mundial da Saúde (OMS), tendo em vista que o paciente esteve em Xangai, onde não há, até o momento, transmissão ativa do vírus. De acordo com a definição atual da OMS, só há transmissão ativa do vírus na província de Whuan”, explicou o ministério da Saúde.

Segundo a pasta, o governo federal faz “monitoramento diário da situação junto à OMS, que acompanha o assunto desde as primeiras notificações de casos, em 31 de dezembro de 2019”.

A paciente suspeita para o coronavírus em Belo Horizonte está internada no Hospital Eduardo Menezes (HEM). Segundo a Secretária de Saúde mineira, a mulher desembarcou na capital do Estado no último sábado, 18, apresentando “sintomas respiratórios compatíveis com a doença respiratória viral aguda”.

Na China, o número de infectados chegou a 550 pessoas, com 17 mortes confirmadas.

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

Veja também

+ Luísa Sonza abre jogo sobre comentários machistas que recebe na internet

+ Marcos sai em defesa de Marcelinho e questiona Casagrande: ‘Que democracia é essa?’

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Simaria posa com vestido sensual e arranca suspiros

+ Namorada de Marco Verratti exibe fotos sensuais

+ Lívia Andrade posa de fio dental

+ Google permite ver animais em 3D com realidade aumentada

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?