Esportes

Satisfeito com classificação do Botafogo, Barroca avisa: ‘Temos muito a evoluir’

Como de costume, Eduardo Barroca adotou um discurso bastante equilibrado após a goleada do Botafogo sobre o Sol de América, do Paraguai, por 4 a 0, na noite desta quarta-feira, no Engenhão, pela segunda fase da Copa Sul-Americana. O time carioca já tinha vencido, fora de casa, por 1 a 0, avançando com facilidade às oitavas de final.

Satisfeito com a classificação, Barroca ainda vê espaço para o Botafogo evoluir, mas acredita que algumas coisas só conseguirão ser melhoradas durante a pausa dos torneios de clubes para a Copa América.

“Estou muito satisfeito pelos gols, com a classificação. Mas ainda temos muito a evoluir. A sequência de jogos atrapalha para cobrar essa evolução. A parada da Copa América é o momento ideal para fazer o coletivo crescer”, comentou Barroca.

Eleito pela Conmebol o melhor jogador da partida, Diego Souza encerrou um jejum de nove jogos sem marcar. O camisa 7, que ainda deu assistência para Luis Fernando fazer o segundo gol botafoguense, foi bastante elogiado por Barroca.

“A história esportiva dele fala por si só. É importante falar do incômodo dele, que veio me procurar para saber onde ele poderia render mais. Fui mostrando que a responsabilidade dele não é apenas fazer gols, ele pode ajudar de outras formas. Vai nos ajudar muito ainda nessa temporada”, destacou o treinador.

Nas oitavas de final da Sul-Americana, o Botafogo vai ter pela frente o Atlético-MG. Agora, porém, as atenções se voltam para o Brasileirão, onde o time está na 11.ª colocação, com nove pontos, e fará clássico contra o Vasco no domingo, às 11 horas, no Engenhão, pela sétima rodada.