Esportes

Sasaki diz que não está 100%, mas competirá nos 6 aparelhos no evento-teste

Ainda que Arthur Zanetti seja o atual campeão olímpico das argolas e Diego Hypolito já faturou dois títulos mundiais no solo, o ginasta mais completo do Brasil de todos os tempos segue sendo Sérgio Sasaki. Décimo colocado no individual geral nos Jogos Olímpicos de Londres, ele precisou operar o joelho no fim de 2014 e ficou 16 meses parado. No evento-teste dos Jogos Olímpicos do Rio, a partir de sábado, vai enfim voltar a fazer uma competição completa, apresentando-se nos seis aparelhos da ginástica artística masculina.

“Minha maior expectativa é voltar a fazer o individual geral. O evento-teste vai ser uma etapa da evolução para eu voltar a competir nos seis aparelhos. Não estou 100% ainda, mas isso faz parte do nosso trabalho. Acredito que é mais uma etapa que eu tenho que passar”, comenta Sasaki.


Ele voltou às competições em março, no DTB-Pokal, em Stuttgart, na Alemanha. Naquele torneio por equipes, apresentou-se apenas nos três aparelhos que menos exigem dos membros inferiores: cavalo com alças, barras paralelas e barra fixa.

Mas Sasaki, como especialista no individual geral, pretende chegar ao Rio-2016 na briga por uma medalha nesta disputa, que soma os resultados dos seis aparelhos. Para tanto, o evento-teste vai servir como uma prévia do que poderá fazer na Olimpíada, ainda que ele admita que não deve repetir seus melhores resultados – somou 89,565 pontos no Mundial de 2014.

“Se eu for bem, vai ser legal, mas o programado não é somar os pontos que somava antes ainda. Vou voltar a competir no individual geral e isso vai me dar mais confiança. Também vai ser uma competição sem muita pressão porque o Brasil já está classificado para os Jogos Olímpicos”, lembrou.

Como o Brasil já tem garantida a participação por equipes no Rio-2016, só Sergio Sasaki e Arthur Zanetti vão competir no evento-teste. Os dois se apresentam sábado, brigando por vagas nas finais por aparelhos, que serão na segunda-feira. O título do individual geral será definido a partir dos resultados de sábado mesmo. Ambos se apresentam na segunda sessão, das 14h30 às 17h00.