Geral

Sargento preso atendeu ligação da avó de Guilherme: ‘devolve o meu neto’

Crédito: Reprodução/ Redes Sociais

A avó do adolescente Guilherme Silva Guedes, de 15 anos, Vera Guedes afirmou ter ligado para o sargento da PM Adriano Fernandes de Campos, de 41 anos, suspeito de matar o garoto em São Paulo. As informações são do Uol.

“Devolve o meu neto”, disse ela na ligação. O sargento não respondeu. O número do celular do PM foi obtido após a família com a ajuda de vizinhos obter a filmagem que mostra o sargento Adriano, armado e à paisana, em uma travessa, ao lado da casa em que Guilherme vivia com a avó. O homem era segurança de um terreno na rua de trás da casa do adolescente.


De acordo com o Ministério Público de São Paulo, a família foi até o terreno perguntar por Adriano e recebeu a informação de que ele havia desaparecido. O responsável pelo local deu o telefone do policial.

Após a avó fazer a ligação, o sargento bloqueou o contato de Vera e de outros familiares do jovem que mandaram mensagens para ele.

Na quarta-feira (17), a polícia de São Paulo prendeu Adriano como suspeito de ter sido o executor do adolescente. Segundo testemunhas, o menino foi levado por dois homens armados e, depois de horas, encontrado com ferimentos a bala, na cabeça e nas mãos. O jovem desapareceu na noite de domingo (14).

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) solicitou a prisão e as investigações prosseguem pelo DHPP, com acompanhamento da Corregedoria da Polícia Militar.