ISTOÉ Gente

“São tesouros”, diz Eliana sobre não deixar filhos brincarem com sua linha de brinquedos

Crédito: Reprodução/Instagram

Quem era criança nos anos 1990 e começo dos 2000 provavelmente está familiarizado com os brinquedos da Eliana. Bonecas, máquinas de biscoito e raspadinha entre muitos outros, faziam a felicidade dos pequenos, e hoje em dia com os filhos da apresentadora não é diferente… Se eles pudessem brincar com os lançamentos da mãe.

Com cabelos volumosos, Marina Ruy Barbosa aparece quase irreconhecível

Na onda de Sheron Menezzes, Fátima Bernardes mostra foto do RG

Em entrevista para o canal “Mais Maria”, no Youtube, Eliana contou que não deixa a filha de 3 anos, Manuela, nem o mais velho de 9 anos, Arthur, brincarem com os objetos. “Meus filhos não brincam com meus brinquedos do passado porque são relíquias. A Manuela [do relacionamento com Adriano Ricco] fica, ‘mamãe, abre para eu ver, deixa eu ver’. Mas sei que se eu deixá-la ver de longe, pode ser pior”, disse.

Para finalizar, ela diz que os artefatos são muito especiais, por isso o cuidado extremo. “Deixo [os brinquedos] guardadinhos. De vez, ela vê a caixa e quer, mas eles nunca brincaram porque são tesouros”, completou.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Ticiane Pinheiro posa de maiô decotado e internautas suspeitam de gravidez
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel