São Paulo anuncia nova vacina e mostra, outra vez, a cara do Brasil que funciona

Crédito: Divulgação/Governo de SP

(Crédito: Divulgação/Governo de SP)


Que maravilha! Que notícia maravilhosa e grandiosa! Teremos mais uma – e nossa! – vacina contra este maldito novo coronavírus. Parabéns ao governo do estado de São Paulo e ao Instituto Butantan. Há um Brasil que dá certo e que luta contra Brasília. “Non ducor, duco”. Eis o lema da bandeira paulista: Não sou conduzido, conduzo.

Você não gosta de João Doria? Você acha o governador engomadinho, calça apertada, exibido e marqueteiro? Beleza. Não seja amigo dele. Não tome uma gelada com ele. Não o convide para jantar. Mas é o seguinte: o único estado que cresceu no Brasil ano passado foi o que ele administra. E 7 em cada 10 doses de vacinas aplicadas são do Butantan.

Eu pergunto: você prefere emprego ou ideologia? Você quer comer ou lacrar? Você gosta de viver bem ou viver brigando nas redes sociais? Meus caros, minhas caras, políticos e governantes não têm de ser simpáticos ou carismáticos; têm de ser eficientes. Enquanto Doria doa seus salários, o clã Bolsonaro pratica rachadinhas. O que você prefere?

O devoto da cloroquina afundou o Brasil na doença e na crise econômica. Fez tudo o que pôde para disseminar o vírus e ajudar a matar os brasileiros. Como? Ora, promovendo e incentivando aglomerações; pregando contra o uso de máscaras; receitando tratamentos falsos; mandando a população enfrentar o vírus de peito aberto; não comprando vacinas.

Mas não só: com sua política homicida, o amigão do Queiroz devastou a economia e fez explodir o câmbio, trazendo de volta a inflação, sobretudo nos alimentos e combustíveis. O pai do senador das rachadinhas e da mansão de 6 milhões representa, como ninguém, a Brasília que suga e atrapalha o Brasil. Estados, como São Paulo, são a salvação.


+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ ‘Raça de víboras’: Andressa Urach critica seguidores que não acreditam em sua fé
+ “Fama e dinheiro vem cheio de desgraça”, desabafa Pedro Scooby



João Doria pode ser tudo, mas ninguém pode lhe tirar o mérito de “salvador da pátria”, literalmente falando, em relação à Covid-19 no Brasil. Se dependêssemos do governo federal, estaríamos ainda mais lascados do que estamos. E se a Butanvac funcionar, nada será mais justo que lhe conferir amplo apoio em 2022, contra o verdugo do Planalto, o homicida Bolsonaro.

Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS


Sobre o autor

Ricardo Kertzman é blogueiro, colunista e contestador por natureza. Reza a lenda que, ao nascer, antes mesmo de chorar, reclamou do hospital, brigou com o obstetra e discutiu com a mãe. Seu temperamento impulsivo só não é maior que seu imenso bom coração.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.