Esportes

Santos inicia Copa do Brasil com interrogação no meio-campo; entenda

Cuca tem testado diversas alternativas para acertar a armação, mas vivencia problema desde lesão de Sánchez

Santos inicia Copa do Brasil com interrogação no meio-campo; entenda

O Santos iniciará a sua trajetória em busca do segundo título da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (28), contra o Ceará, às 16h, na Vila Belmiro, pelo confronto de ida das oitavas de final, com uma grande incógnita na sua formação: o meio-campo.

Na derrota para o Fluminense, no último domingo (25), no estádio do Maracanã, pela 18ª rodada do Brasileirão, o técnico Cuca arriscou uma nova alternativa para o setor, que foi o teste pelo lateral-esquerdo Felipe Jonatan centralizado, com o zagueiro Luan Peres compondo a ala canhota. A estratégia não deu certo e logo no intervalo o treinador santista colocou Arthur Gomes no lugar de Laércio para fazer o meio, devolvendo Luan e Felipe para as suas posições de origem.

Meia de ofício, Lucas Lourenço entrou no decorrer de cinco das últimas seis partidas, mas ainda não fez a sua estreia como titular com a camisa santista. O Menino da Vila é xodó da torcida, que nos canais de comunicação tem cobrado mais oportunidades ao garoto.

Quem há pouco tempo ganhou espaço foi Jean Mota. Craque do Paulistão em 2019, o atleta começou jogando as mesmas cinco das últimas seis partidas que Lourenço entrou. No entanto, era comum o camisa 41 ser um dos primeiros preteridos nas substituições.

Cuca deseja um “camisa 10” para compor o elenco, e isso já era vontade antes mesmo do Peixe perder o uruguaio Carlos Sánchez, responsável pelo setor desde o início da temporada, mas que sofreu uma ruptura ligamentar no joelho esquerdo e não jogará mais na temporada. Ainda assim, por conta de banimentos junto a Fifa e ausência de receitas, ir às compras é utopia para o Alvinegro Praiano.

O treinador santista, então, tem buscado alternativas apostando em extrair novas funções táticas de atletas ofensivos. Foi assim como Taílson e tem sido com o próprio Arthur Gomes. Até mesmo Soteldo já “entrou na brincadeira”. Embora atue com a 10, o venezuelano joga pelas pontas, mas quando necessário também tem alternado o seu jogo pelo meio.

Em cima disso, Cuca tem um grande “abacaxi em mãos para descascar”, principalmente agora que acumulará a terceira competição consecutiva, e justamente aquela capaz de dar um respiro financeiro ao Peixe. Envolto em dívidas, o Santos ganhará R$ 3,3 milhões caso avance às quartas de final, e pode acumular até R$ 54 milhões se bater campeão no fim do ano esportivo.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel