Esportes

Santos escalado com Lucas Braga mais uma vez titular contra o Boca

O técnico Cuca mantém Lucas Braga titular e repete na Vila a mesma estratégia de jogo utilizada na Argentina na semana passada, quando as equipes empataram em 0 a 0

Santos escalado com Lucas Braga mais uma vez titular contra o Boca

O Santos está escalado para a partida decisiva diante do Boca Juniors logo mais na Vila Belmiro. O técnico Cuca fez mistério e só decidiu o time durante esta quarta-feira, com Lucas Braga jogando no ataque e Soteldo deslocado para o meio de campo, repetindo a estratégia usada em La Bombonera.

A outra opção de Cuca era Sandry no lugar de Lucas Braga, encorpando o meio-de-campo, mas o treinador optou por fortalecer os lados do campo. Lucas Braga tem sido elogiado pelo técnico pela aplicação tática.

O único desfalque no time titular do Peixe é o goleiro John, com Covid-19. Ele será substituído por João Paulo, que foi titular em jogos da fase de grupos. Wagner Leonardo também é baixa por conta do Coronavírus.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Desta forma, o Santos vai a campo com a seguinte escalação: João Paulo; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Soteldo; Marinho, Kaio Jorge e Lucas Braga.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Veja o significado dos 10 sonhos mais comuns
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel