Mundo

Sanders obtém vantagem de dois dígitos sobre seus rivais, diz pesquisa

Sanders obtém vantagem de dois dígitos sobre seus rivais, diz pesquisa

O pré-candidato Bernie Sanders, em comício de campanha em Denver, no Colorado, em 16 de fevereiro de 2020 - AFP

Bernie Sanders obteve uma vantagem de dois dígitos sobre seus rivais na campanha pela indicação do Partido Democrata à disputa pela Presidência – aponta uma nova pesquisa divulgada nesta quarta-feira (19).

A ascensão do autoproclamado “democrata-socialista” contrasta com a queda do ex-vice-presidente Joe Biden, que perdeu 16 pontos desde a última medição nacional de janeiro feita em parceria pelo jornal The Washington Post e a emissora ABC News.

O Post disse que o crescimento de Sanders, que agora aparece com 32% do apoio entre os democratas contra 23% no mês passado, ancora-se nos bons resultados registrados no “caucus” de Iowa (Meio-Oeste) e nas primárias de New Hampshire (nordeste).

A pesquisa dá a Biden 16% na preferência dos eleitores.

O ex-prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, surge em terceiro, com 14%, seguido pela senadora progressista de Massachusetts Elizabeth Warren, com 12%.

Apesar dos bons resultados que lhe deram a vitória por uma estreita margem em Iowa e de um segundo posto muito perto do líder em New Hampshire, Pete Buttigieg continua, conforme esta nova sondagem, com apenas um dígito, em 8%.

A pesquisa foi divulgada no mesmo dia de um debate democrata que contará com a participação de Bloomberg. Depois de ingressar tardiamente na corrida pela indicação, ele enfrentará seus adversários pela primeira vez.

Segundo o Post, a pesquisa tem uma margem de erro de 6%. Foram ouvidos 408 eleitores democratas, ou de tendência democrata.