Esportes

Sanchez diz que encarar o campeão Flamengo tem um sabor especial para o Santos

O Santos entra em campo neste domingo para buscar, na 38.ª e última rodada, a segunda colocação do Campeonato Brasileiro. Mas para isso precisará vencer justamente o campeão, o Flamengo, na Vila Belmiro. Para o meia uruguaio Carlos Sanchez, o duelo contra os também ganhadores da Copa Libertadores tem um sabor especial para os jogadores santistas.

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

“Tem sabor especial de enfrentar o campeão. Temos que pensar sempre em ganhar, eles sendo os campeões ou não. O Santos é caracterizado por ganhar em qualquer lugar. A nossa ideia fixa é ganhar sem pensar no adversário. Obviamente há o sabor especial por ser um jogo contra o campeão da Libertadores e Brasileiro, mas temos a mesma motivação de sair para ganhar”, disse Sanchez, em entrevista coletiva no CT Rei Pelé.

A partida contra o Flamengo pode ser a última do Santos sob o comando do técnico argentino Jorge Sampaoli, que é especulado para trabalhar no Palmeiras na próxima temporada. O uruguaio revelou que o treinador não comentou com o elenco se permanecerá ou deixará a equipe, mas comentou que os jogadores não têm que se preocupar com o que será decidido.

“Ele não falou nada com a gente, nem se despediu. É como ele fala, acabando o campeonato vai pensar no que fazer. Nós não temos que nos preocupar tanto com o futuro dele. Não podemos falar se fica. É decisão dele. Temos o campeão pela frente, em grande momento. Nossa preocupação tem que ser em terminar ano bem na nossa casa”, afirmou.

Sanchez admitiu que seria difícil estar do lado oposto do treinador argentino. “Seria difícil (enfrentá-lo), conhece nosso time. Sabe a característica de cada jogador. Seria difícil, mas se Sampaoli sair, quem vier terá seu jeito de machucar o Sampaoli se o enfrentarmos. Se fala da possibilidade grande e isso é pelo grande trabalho aqui. Não podemos pensar no futuro porque não sabemos o que pode acontecer”, completou.

TREINO – O Santos realizou nesta sexta-feira o penúltimo treinamento antes de enfrentar o Flamengo. O goleiro Everson e o meia Evandro foram os desfalques da atividade.

O primeiro teve dores no tornozelo esquerdo e fez um trabalho de fisioterapia na academia. Se não puder atuar, Vanderlei deve atuar como titular. Evandro, por sua vez, foi a campo participar do aquecimento, mas voltou à academia para realizar trabalhos internos.

Os desfalques certos são o zagueiro Luan Peres e o lateral-esquerdo Felipe Jonatan, suspensos. O meia peruano Cueva está afastado por indisciplina até o final do ano.

Veja também

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Ford anuncia local e investimento de US$ 700 milhões em fábrica que criará F-150 elétrico

+ Hubble mostra nova imagem de Júpiter e sua lua Europa

+ RJ: tráfico promete caçar quem gravou equipe do Bravo da Rocinha: ‘Vai morrer’

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea