ISTOÉ Gente

Samara Felippo detona Casamento: ‘Instituição falida’

Crédito: Reprodução/Instagram

A atriz Samara Felippo chamou a atenção em um vídeo no YouTube. Ela já assumiu que é não-monogâmica, ou seja, pode se relacionar com mais de uma pessoa por vez. Por isso, Samara decidiu detonar o Casamento, dizendo que é uma “instituição falida”.

Roberto Kalil sai de Globo para apresentar programa na CNN

+ Juju Salimeni adota franja e relembra visual do início da carreira em 2008

“Eu acho que com o Elídio, meu parceiro, cheguei a um lugar que eu não tive em outras relações, sobre o prazer. Acho muito interessante a relação aberta. Acho que o ser humano não nasceu para ser monogâmico. Aqui a gente conversou já muito. A gente está junto há sete anos, quase. Óbvio que a gente já falou sobre isso, e eu mudei muito. Eu fui muito ciumenta. Acho que hoje em dia eu supertoparia relação aberta. Mas é muito difícil. A gente precisa estar muito alinhado com o nosso parceiro”, contou.

Ela ainda questiona se “assinar um papel” vale como prova de sentimento. “Casamento é uma das instituições mais falidas e mais burras da vida. Você assinar um papel.. Isso é amor?” Samara namora há sete anos com Elídio Sanna, que também é ator.


+ Homem que vivia ‘casado’ com a própria filha é preso após polícia investigar agressão contra criança
+ Família de Schumacher coloca mansão à venda por R$ 400 milhões
+ Pão de Queijo: faça uma das receitas mais gostosas do Brasil



Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS