Brasil

Salles diz que foi expulso do Novo e desdenha Amoêdo: ‘fico com Bolsonaro’

Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, usou sua conta pessoal no Twitter para informar que foi expulso do partido Novo, na manhã desta quinta-feira (7). A filiação de Salles já havia sido suspensa pela Comissão de Ética da legenda em outubro do ano passado sob alegação de que o ministro vinha “desdenhando de dados científicos”, “revogando políticas públicas sem qualquer debate prévio” e “atuando com absoluta irresponsabilidade” à frente da pasta.

A justificativa não foi a mesma relatada por Salles em postagem na manhã desta quinta. “Fui comunicado da minha EXPULSÃO por ter assumido ‘sem qualquer informação prévia ou pedido de autorização ao Partido NOVO’, o cargo de Ministro de Estado do Meio Ambiente no governo do atual Presidente Sr. Jair Messias Bolsonaro”, escreveu Salles, que ainda completou: “entre o ex-candidato à Presidência da República e presidente do Novo, João Amoêdo e Bolsonaro, fico com Bolsonaro!”.

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago