Geral

Salgueiro faz história, bate Santa Cruz e leva título pernambucano

Pela primeira vez desde sua primeira edição, em 1915, o Campeonato Pernambucano tem um campeão de fora da capital Recife. Nesta quarta-feira (5), o Salgueiro fez história ao superar o Santa Cruz nos pênaltis, depois de um empate sem gols no tempo normal, no Colosso do Arruda, e levar o título para o município de Salgueiro (PE), no sertão do estado.

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

O Carcará havia batido na trave duas vezes, em 2015 (caindo para o próprio Santa Cruz) e 2017 (superado pelo Sport). Porto e Central, ambos de Caruaru (PE), também representaram o interior de Pernambuco em finais estaduais, mas sem conquistar o histórico título alcançado pelo Salgueiro.

Na partida de ida, no interior, as equipes empataram por 1 a 1. Para o jogo de volta, só a vitória interessava às equipes. O Santa Cruz até balançou as redes aos 12 minutos da primeira etapa, com o meia Jeremias, que finalizou após um cruzamento do lateral Fabiano. O auxiliar Clóvis Amaral, porém, assinalou impedimento no momento no qual Fabiano recebeu passe do atacante Pipico, pela esquerda. O lateral estava em posição legal.

Daí em diante, cada time teve uma boa chance. Aos 33 minutos, o meia Renato Henrique assustou o Santa em um chute que passou rente à trave do goleiro Maycon. A resposta veio no lance seguinte, com Jeremias, que arrematou de fora da área e obrigou Tanaka a se esticar para salvar o Salgueiro.

O jogo continuou truncado no segundo tempo. Na melhor oportunidade, o Tricolor da capital parou outra vez em Tanaka. Aos 32 minutos, o goleiro do Carcará fez uma grande defesa em chute do meia Didira, na grande área. Com pouca inspiração de ambos os lados, a decisão do título foi para os pênaltis.

Na marca da cal, a pontaria mais calibrada dos jogadores do Salgueiro fez diferença. O zagueiro Ranieri, do Carcará, teve o chute defendido por Maycon, mas o atacante Victor Rangel e o volante André desperdiçaram as cobranças pelo Santa Cruz. Coube ao atacante Muller Fernandes balançar as redes no arremate final, fechar a disputa em 4 a 3 e sacramentar o título histórico para o time do sertão. Já o Tricolor da capital se despediu como vice-campeão invicto.

O Santa volta a jogar neste sábado (8), às 17h (horário de Brasília), contra o Paysandu, em Belém, na estreia pela Série C do Campeonato Brasileiro. O Salgueiro, que disputa a Série D, só vai a campo em setembro, contra o Guarany de Sobral (CE), fora de casa.

Veja também

+ Ford anuncia local e investimento de US$ 700 milhões em fábrica que criará F-150 elétrico

+ RJ: tráfico promete caçar quem gravou equipe do Bravo da Rocinha: ‘Vai morrer’

+ Hubble mostra nova imagem de Júpiter e sua lua Europa

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea