Esportes

Saldo de Estudiantes x Nacional: 17 detidos, torcedores feridos por sinalizador e estádio depredado

Crédito: Reprodução

Torcedor ferido em jogo da Copa Libertadores entre Estudiantes e Nacional (Crédito: Reprodução)


Com sete títulos de Copa Libertadores em campo, quatro do Estudiantes e três do Nacional-URU, o clássico sul-americano tinha tudo ser mais um atrativo para o Grupo C da Libertadores na última terça-feira (3). No entanto, o que chamou mais a atenção do que a vitória do time argentino por 1 a 0 foram as cenas de violência e as imagens de um sinalizador atirado pela torcida uruguaia na direção dos torcedores da casa.

Além disso, houve confronto entre as duas torcidas e depredação de instalações do Estádio Jorge Luis Hirschi. Resultado, após a partida o saldo era de 27 pessoas feridas e 17 detidas, conforme divulgado pela emissora TyC Sports.

https://twitter.com/FaridKamu1/status/1521655561099485185

Nas redes sociais, o perfil Somos Estudiantes no Twitter divulgou imagens de torcedores argentinos feridos recebendo atendimento. Além do sinalizador, alguns pinchas foram atingidos por pedaços de azulejos.  A página ainda divulgou um vídeo com o banheiro do setor visitante bastante danificado.

De acordo com a imprensa argentina, o incidente não deixou nenhum ferido em estado grave. Todos os torcedores presos são torcedores do Nacional. Apesar da gravidade do incidente, horas depois do ocorrido, os detidos foram liberados.

ReproduçãoFerido em jogo entre Estudiantes e Nacional pela Libertadores (Crédito:Reprodução)

Sobre o episódio, até o momento, apenas o dirigente do Nacional e chefe da deleção na Argentina, Pablo Durán, se pronunciou.

“A operação falhou. As duas torcidas não poderiam estar da maneira que estavam. Sabíamos que era um jogo de risco. Vamos falar com nosso pessoal de segurança e avaliar tudo da melhor maneira possível”, declarou Durán.

Em relação ao futebol, o grupo C segue sob a liderança do Estudiantes com 10 pontos, seguido pelo Bragantino com quatro, mesma pontuação do Nacional e o Vélez Sarsfield em último com apenas um.