Economia

Saída de dólar supera entrada em US$ 19,693 bi no ano até 25 de setembro

O fluxo cambial do ano até 25 de setembro ficou negativo em US$ 19,693 bilhões, informou nesta quarta-feira, 30, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 10,237 bilhões. Os dados anuais refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira, em especial no mês de março.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 24 de setembro foi de US$ 51,976 bilhões. O resultado é fruto de aportes no valor de US$ 349,625 bilhões e de envios no total de US$ 401,601 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 25 de setembro ficou positivo em US$ 32,284 bilhões, com importações de US$ 114,242 bilhões e exportações de US$ 146,526 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 19,603 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 52,624 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 74,300 bilhões em outras entradas.

Setembro

Depois de encerrar agosto com entradas líquidas de US$ 602 milhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 4,477 bilhões em setembro até o dia 25.

O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 4,328 bilhões em setembro até o dia 25. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 24,855 bilhões e de retiradas no total de US$ 29,183 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo de setembro até o dia 25 é negativo em US$ 149 milhões, com importações de US$ 11,893 bilhões e exportações de US$ 11,744 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 1,124 bilhão em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 3,034 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 7,586 bilhões em outras entradas.

Semana

O fluxo cambial registrado na semana passada (de 21 a 25 de setembro) para o Brasil ficou negativo em US$ 1,029 bilhão.

O canal financeiro apresentou saída líquida de US$ 1,262 bilhão na semana, resultado de aportes no valor de US$ 7,543 bilhões e de envios no total de US$ 8,805 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo na semana passada ficou positivo em US$ 233 milhões, com importações de US$ 3,858 bilhões e exportações de US$ 4,091 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 265 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 1,441 bilhão em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 2,385 bilhões em outras entradas.

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Telefone de jornalista argentino roubado ao vivo em Buenos Aires

+ Márcia Bonde divulga vídeo e deixa fãs sem fôlego

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar