Esportes

Saiba o que falta para Jô reestrear pelo Corinthians no Dérbi do dia 22

Contratado há mais de 20 dias, atacante não tem data para entrar em campo, pois ainda depende de questões burocráticas referentes ao ex-clube e a algumas decisões da CBF

Saiba o que falta para Jô reestrear pelo Corinthians no Dérbi do dia 22

no dia 22 (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

O Corinthians reestreia no Paulistão no próximo dia 22, na Arena, justamente contra o maior rival. No entanto não é possível afirmar que Jô, a principal novidade do clube para esta retomada, estará em campo para ajudar o time na competição. Isso porque o atacante, anunciado há 20 dias, ainda depende de questões burocráticas para ser liberado para jogar novamente pelo Alvinegro.

Uma das burocracias que travavam a reestreia do ídolo corintiano foi acertada nos últimos dias, quando a Federação Paulista de Futebol liberou novas inscrições para o reinício do estadual, que ainda tem duas rodadas da fase de grupos a serem realizadas. Dessa forma, Jô poderá ser inscrito na competição pelo Timão para a disputa desse jogos que decidirão o futuro da equipe.

Mesmo assim, ainda restarão dois obstáculos no caminho até a efetivação da inscrição: a abertura da janela de transferências para a chegada de jogadores do exterior, e a emissão do Certificado de Transferência Internacional para dar entrada na inscrição de jogadores da CBF e assim o nome de Jô poderia aparecer no BID (Boletim Informativo Diário), passo obrigatório para ele jogar.

Esses assuntos, porém, não são de solução simples. A janela de transferências, por exemplo, era para ter sido aberta no último dia 1º, porém foi adiada por conta da pandemia de coronavírus e novas datas devem ser definidas em reuniões da própria CBF com os clubes brasileiros. A expectativa é de que a abertura aconteça antes do fim do mês, porém para Corinthians e Jô ela precisa abrir antes do dia 21, quando o prazo para inscrição no Paulistão se encerra.

Quando a janela for aberta, o Corinthians dará início ao processo no sistema da Fifa que permite as novas inscrições, e será solicitado para a Associação de Futebol do Japão que envie o CTI (Certificado de Transferência Internacional) de Jô. A partir desse momento, o Nagoya Grampus terá o prazo de uma semana para responder à entidade de seu país sobre a efetivação da liberação.

Acontece que a saída de Jô do Japão não foi tranquila, com seu ex-clube inclusive buscando a Fifa para resolver o litígio. Vale lembrar que em comunicado divulgado no mês passado, o Nagoya informou que a rescisão com o brasileiro foi por justa causa. Assim, é possível que, de alguma forma, isso possa travar a inscrição, diminuindo a possibilidade de estreia no Paulistão.

Em resumo, para que Jô possa enfrentar o Palmeiras no dia 22, a CBF precisaria abrir a janela de transferências o mais rápido possível, a fim de permitir que o Timão inicie a burocracia que depende da documentação enviada pelo Nagoya.

Caso contrário, essa reestreia teria de acontecer nas quartas de final do estadual, já que serão permitidas novas inscrições também a partir da fase de mata-mata. Isso, claro, se o time de Tiago Nunes conquistar uma vaga, o que também não é fácil, já que precisa vencer suas duas partidas (Palmeiras e Oeste) e torcer para o Guarani não pontuar contra Botafogo-SP e São Paulo.

Veja também

+ Quarta parcela do auxílio sai hoje (14) para os nascidos em agosto

+ Cunhado de Maradona morre de Covid-19 na Argentina

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?