Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

O rodízio de veículos voltará a entrar em vigor na capital paulista nesta segunda-feira (11), em uma versão ampliada. A Prefeitura de São Paulo, porém, oferece uma possibilidade para circular com o carro pela cidade sem qualquer restrição. A isenção deverá ser feita por meio de um portal em que trabalhadores e empresas podem se cadastrar para ficarem livres do rodízio.

No entanto, apenas atividades consideradas essenciais durante a pandemia, especialmente aquelas ligadas à saúde, estão na lisa: Enfermagem, Técnicos ou tecnólogos de saúde, Médicos veterinários, Fisioterapeutas, Famarcêuticos, Nutricionistas, Psicólogos, Fonoaudiólogos, Patologistas, Dentistas, Pesquisadores da área da saúde, Agentes de serviços administrativos, Guarda, Segurança, Vigilância e Manutenção e limpeza de estabelecimentos hospitalares, de assistência médica e laboratoriais.

De acordo com informações do UOL, apesar dos trabalhadores terem autorização para realizar o cadastro no site, a prefeitura prefere que o procedimento seja feito pelas empresas. A multa para quem desrespeitar o rodízio será de R$ 130 e, além disso, o infrator perderá quatro pontos na carteira de motorista.

O cadastro poderá ser feito gratuitamente e exige as informações de seis documentos: Planilha de solicitação modelo preenchida, Tipo de solicitante, CNPJ ou CPF, Nome dos profissionais, CPF dos profissionais e Placa dos veículos.