Cultura

Sai a edição crítica de ‘Raízes do Brasil’, livro de 1936 que é best-seller

Organizadores da edição crítica do clássico Raízes do Brasil, que o historiador Sérgio Buarque de Holanda (1902-1982) publicou em 1936, os professores Lilia Moritz Schwarcz e Pedro Meira Monteiro abrem o livro com uma observação a respeito do autor: a obra, hoje clássica, foi para ele um ato de autodescoberta sem trégua, o que explica as várias revisões desde a primeira edição, pela José Olympio.

“Se os autores mudam, também os livros podem se alterar” – inclusive os clássicos, argumentam os responsáveis pela edição que comemora os 80 anos desse estudo incontornável. Só na Companhia as Letras, ele vendeu 250 mil exemplares. A edição crítica será lançada no dia 8, na Livraria Cultura. Antes, os organizadores conversaram com o Caderno 2, do jornal O Estado de S. Paulo.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel