Mundo

Rússia ataca base militar ucraniana perto da Polônia

ROMA, 17 MAI (ANSA) – Uma base militar ucraniana localizada a cerca de 15 quilômetros da fronteira com a Polônia foi alvo de um ataque de mísseis russos, informou Maksym Kozytsky, chefe da administração militar regional de Lviv.   

Uma fonte citada pela emissora “CNN” relatou ter visto as defesas aéreas irem em direção da instalação militar de Yavoriv, que fica por volta de 40 quilômetros da cidade onde as explosões foram ouvidas. Ainda não há relatos de vítimas.   

Correspondentes do veículo de comunicação norte-americano ainda relataram uma série de explosões ouvidas no centro, norte e noroeste de Lviv, logo depois das sirenes de ataque aéreo soarem no município ucraniano.   

Desde o início da invasão à Ucrânia, a base militar de Yavoriv foi alvo de ataques das forças russas pelo menos três vezes.   

Mais de 30 pessoas foram mortas na primeira investida em 13 de março.   

Diversas partes de Lviv também foram atingidas por ataques de mísseis russos desde o começo do conflito, incluindo uma fábrica de peças de aeronaves, um depósito de combustível e muitas subestações elétricas.   

De acordo com Kozytsky, o ataque mais recente realizado pelas forças russas danificou a infraestrutura ferroviária na região de Lviv, perto da fronteira com a Polônia. Os mísseis de cruzeiro teriam sido lançados do Mar Negro.   

O prefeito de Lviv, Andriy Sadovyi, informou que nenhum ponto da cidade foi afetado pelos ataques russos.   

Após as negociações que levaram ao início da evacuação de soldados ucranianos da siderúrgica Azovstal, em Mariupol, o presidente do país, Volodymyr Zelensky, informou que Kiev continuará a sua “máxima atividade diplomática em outras áreas”, mas acrescentou que é um trabalho que “exige delicadeza e tempo”. (ANSA).