MOSCOU, 24 JUN (ANSA) – O governo da Rússia anunciou nesta segunda-feira (24) uma retaliação à União Europeia por conta do 14º pacote de sanções em função da guerra na Ucrânia.   

Segundo o Ministério das Relações Exteriores, a resposta consiste em um aumento “significativo” na lista de representantes da UE e dos países membros com entrada proibida na Rússia, incluindo integrantes do Conselho da Europa (que não faz parte do bloco) e parlamentares dos Estados da União.   

(ANSA).