Ruivinho da Vivo fecha estreia na Globo e fecha com HBO


86

Só dá ruivinho
Após estrear na Globo em sua primeira novela, João Côrtes foi confirmado para a quarta temporada da série “O Negócio”, da HBO. Em 2016, Côrtes passou do ruivinho do comercial da Vivo ao Peppino na novela “Sol Nascente”. O desafio em 2017 será conciliar trabalhos.  Além da série, ele já ensaia a peça “Querida Quitinete”, e vai lançar mais dois longas: “Ninguém Entra, Ninguém sai” onde interpreta filho da Danielle Winits e “Amor”.com”, onde atua com Ísis Valverde. Está ainda em cartaz com “Tô Ryca”.  Perguntado se o garoto-propaganda de sucesso atrapalha o ator, ele diz: “A campanha da Vivo só me abriu portas. Ela teve um alcance enorme e me aproximou do grande público, mas fiz trabalhos com carga dramática forte”, diz. “E na novela, me receberam de braços abertos.”

 


Saiba mais
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua




Sobre o autor

Gisele Vitória é jornalista, diretora de núcleo das revistas ISTOÉ Gente, ISTOÉ Platinum e Menu e colunista de ISTOÉ


Mais posts

Ver mais
X

Copyright © 2022 - Três Editorial Ltda.
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.